+55 11 4349 -1370

Depilação a laser é definitiva? Saiba tudo sobre a técnica

Fique atualizado através de informações úteis para sua saúde física e mental.

depilação a laser é definitiva?

Um dos procedimentos mais procurados e requisitados nos institutos e clínicas de estética do Brasil, a depilação a laser é uma das opções de eliminar os pelos do corpo e rosto de forma, quase, definitiva. 

Apesar de, muitas vezes, levar o nome de depilação definitiva, o procedimento a laser age no crescimento do pelo, retardando esse processo e fazendo com que a depilação tenha um período mais longo entre uma e outra e necessitando de uma manutenção de tempos em tempos.

Entretanto, há uma dúvida em relação à depilação a laser para pessoas de pele negra, bem como em quem tem pelos muito claros, já que a tecnologia foi feita para reconhecer pigmentos marrons na pele. 

Alguns estudos apontam que não há resultados satisfatórios para esses grupos, enquanto outros mostram um avanço da tecnologia. Saiba, a seguir, tudo o que precisa para realizar a depilação a laser.

Mas afinal, a depilação a laser é definitiva?

Como já dissemos no começo deste artigo, a depilação a laser, apesar de levar o nome de definitiva, não impede que os pelos cresçam, mas fazem com que o processo seja retardado, demorando mais do que o normal para crescer.

É necessário, então, que o processo seja repetido de tempos em tempos, em quantidade menor de sessão também. Sendo utilizado como uma manutenção do procedimento.

Vale lembrar que, ainda, não existe um método que realize a depilação de forma 100% definitiva. Há, entretanto, a depilação por LED ou fotodepilação, que assim como o laser, retarda o crescimento dos pelos, necessitando de manutenção de tempos em tempos.

Como funciona a depilação a laser

A depilação a laser, que pode ser realizada em homens e mulheres, foi criada através de uma tecnologia que reconhece os pigmentos marrons da pele e o atacam, através de disparos de laser. 

Ao ser acionado, o laser tem a ação de conduzir, até a matriz do pelo, o calor da luz emitida, causando danos permanentes no folículo e, assim, dificultando que os pelos cresçam naquela região.

Homens

A depilação a laser é muito ligada ao mundo feminino e a vaidade da mulher, mas os homens, também, podem realizar o procedimento e, cada vez mais, procuram por ele, já que é um procedimento menos doloroso e agressivo para a retirada dos indesejáveis pelos.

Por ser indicada para a retirada de pêlos mais grossos, a depilação a laser é uma ótima opção para os homens, afinal possuem essa característica. O procedimento age na raiz dos pelos e retarda o crescimento dos mesmos. 

Vale lembrar que, apesar de os resultados já aparecem logo na primeira sessão, para ter um resultado melhor é importante realizar o número indicado pelo profissional que fará o tratamento.

A depilação a laser para homens, além de melhorar a autoestima e a estética, também, auxilia os esportistas, principalmente nadadores, corredores e ciclistas. Entretanto, não é recomendada para a região genital, na parte interna das orelhas e abaixo da sobrancelha. 

Mulheres

As mulheres são quem mais procuram a depilação definitiva, afinal, além de sumir com os indesejáveis pelos, também é uma opção prática, pois após as sessões necessárias, é possível, apenas, manter o procedimento, sem que a depilação seja feita com frequência.

Podendo ser realizada em diversas partes do corpo, uma das formas de depilação mais procuradas pelas mulheres é a íntima, sendo conhecida, em outros países, como depilação brasileira ou brazilian wax, em inglês.

A depilação a laser íntima, geralmente, pode ser realizada de forma total ou parcial, sendo a primeira feita na virilha, lábios externos e internos, ânus, cóccix e faixa do baixo ventre. Já a segunda retira, apenas, os pelos da virilha.

De acordo com profissionais, uma depilação total da parte íntima pode levar de seis a dez sessões, sendo a manutenção realizada semestralmente ou anualmente.

Vantagens e desvantagens da depilação a laser definitiva

Como todo procedimento, a depilação a laser, também, tem vantagens e desvantagens, sendo o principal benefício, obviamente, o retardamento do crescimento de novos pelos, em homens e mulheres que realizam esse processo.

Após realizar o número de sessões necessárias para cada parte do corpo, a depilação precisa, apenas, de manutenção, podendo ser feita a cada seis meses a um ano.

Entretanto, há algumas desvantagens, como: pessoas com pele bronzeada, gestantes, lactantes, quem realiza uso de medicamentos fotossensíveis ou possuem doenças autoimunes, não devem realizar esse tipo de depilação.

Caso você esteja interessado em realizar a depilação a laser, mas tem alguma dessas características, consulte um profissional especializado para saber quais são as melhores indicações.

Depilação a laser é definitiva a depender da técnica

As duas principais técnicas de depilação a laser são com o uso do próprio laser ou de um LED, também conhecido como fotodepilação, mas como já citamos, apesar do nome ser ‘definitiva’, é necessário realizar uma manutenção de tempos em tempos.

Contudo, após realizar as manutenções, o crescimento dos pelos fica cada vez mais lento, dando, de fato, a sensação de que a depilação é definitiva e aumentando o espaço de tempo entre os processos.

Depilação a led

A depilação a LED é um avanço da depilação a laser, oferecendo uma democratização do procedimento, afinal é recomendada para todos os tipos de pelo e tons de pele.

Além de ser mais eficiente, por realizar a remoção completa dos pelos, com inclusão da base dentro da pele, a depilação a LED é mais segura e confortável, tanto para o paciente, como para o profissional, favorecendo o procedimento para pessoas com mais sensibilidade, como é o caso das que têm pele negra.

Nesse tipo de procedimento, o feixe de LED é projetado na região desejada e é transformado em calor, transmitido por todo o fio, danificando a estrutura de nutrição do pêlo, permitindo, por completo, a eliminação do pelo.

Spectra XT

O Spectra XT é um moderno aparelho utilizado para a remoção de tatuagem e micropigmentação e conta com o protocolo Lumina, permitindo a diminuição de manchas, poros abertos, e oferece luminosidade à pele.

Sendo a mais avançada tecnologia para remoção de tatuagens e micropigmentação, trabalha com laser em velocidade ultrarrápida e com disparos à luz em nanosegundos, gerando melhores resultados.

Além de retirar manchas, melhorar poros abertos e oferecer mais luminosidade à pele, a Spectra X pode ser utilizada para tratamento de melasma, remoção de tatuagens, clareamento de olheiras, cicatrizes, acne, onicomicose, entre outros, dando um aspecto mais jovem e saudável para a pele.

Como funciona depilação a laser em pele negra

A depilação a laser para pessoas de pele negra precisa de cuidado, mas pode ser realizada com sucesso, entretanto é preciso pesquisar qual é a tecnologia utilizada.

É recomendado que pessoas negras procurem pela depilação a LED, afinal a tecnologia permite que o foco seja, de fato, nos pelos, além de possuir ponteiras resfriadas durante a sessão, que evitam queimação e manchas, oferecendo um procedimento mais confortável.

Há, também, algumas tecnologias de depilação a laser que permitem uma melhor separação no reconhecimento de pele e pêlo, afinal, é trabalho pela melanina, sendo assim, pela pele negra conter mais concentração, a luz pode ser conduzida para a pele e não para o pelo, que pode gerar queimaduras e desconforto. 

Depilação a laser é definitiva e a melhor opção está na Lissome

Agora que você sabe que depilação a laser é definitiva e quais cuidados precisa ter, você precisa conhecer a Lissome.

A clínica investe em equipamentos de última geração, aprovados pela Anvisa e com dados científicos publicados em revistas médicas. 

Além disso, na Lissome, você terá um tratamento especializado que irá oferecer uma equipe multidisciplinar para seu atendimento. Ou seja, profissionais altamente qualificados que unem dermatologia, estética, nutrição, fisioterapia e odontologia.

Entre em contato com a Lissome e saiba mais sobre nossos serviços.

Para outras informações sobre saúde e estética, confira outros artigos no Blog da Lissome.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts mais Lidos

Obrigado por ter se cadastrado em nosso site

Em breve entraremos em contato com novidades.

Nutrição Clínica é o tratamento de doenças por meio da Alimentação.

O nutricionista através de exames específicos é capaz de descobrir qualquer disfunção nutricional, como resistência à insulina, distúrbios alimentares ou dificuldade de absorção de nutrientes, entre outros.

A prevenção de enfermidades também é um dos focos da Nutrição Clínica.
 Veja abaixo algumas doenças que podem ser tratadas com orientação do nutricionista:

    1. Doenças Crônicas: Diabetes, hipertensão, aterosclerose e outras;
    2. Doenças Metabólicas: doença celíaca, intolerância à lactose e similares;
    3. Transtorno Alimentar: Bulimia, anorexia e compulsão alimentar;
    4. Magreza excessiva: IMC abaixo de 18,5;
    5. Obesidade e Sobrepeso;
    6. Desequilíbrio nutricional em atletas.