+55 11 4349 -1370

Gordura visceral X gordura subcutânea

Fique atualizado através de informações úteis para sua saúde física e mental.

Você sabia que existem basicamente dois tipos de acúmulo de gordura, a gordura visceral ou intra-abdominal e a gordura subcutânea.

A gordura subcutânea é a gordura localizada abaixo da derme antes dos músculos, tanto que em pessoas mais acima do peso é difícil visualizar os ventres musculares abdominais por exemplo.

Já a gordura visceral é a gordura que se deposita abaixo dos músculos entre os órgãos na cavidade peritoneal. Esse tipo de acúmulo é mais comum em homens do que em mulheres. A gordura visceral afeta negativamente a saúde, aumentando a inflamação nos órgãos, em parte porque ele libera substâncias chamadas adipocinas, que são proteínas que aumentam a pressão arterial e influenciam a insulina. A gordura visceral, também diminui a quantidade de adiponectina no corpo, um hormônio essencial para a queima de gordura que ajuda a acelerar o metabolismo, o que significa que existem mais triglicérides ao entrar na corrente sanguínea. O ácido de gordura visceral pode causar aterosclerose, colesterol elevado LDL (o tipo mau), e é um fator importante para o desenvolvimento de diabetes.

Em geral para gordura visceral recomedo atividade física e dieta inicialmente, já para gordura subcutânea podemos lançar mão de diversos tratamentos estéticos porque a camada onde se localiza a gordura é mais superficial onde os aparelhos e as manobras de emagrecimento alcançam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts mais Lidos

Obrigado por ter se cadastrado em nosso site

Em breve entraremos em contato com novidades.

Nutrição Clínica é o tratamento de doenças por meio da Alimentação.

O nutricionista através de exames específicos é capaz de descobrir qualquer disfunção nutricional, como resistência à insulina, distúrbios alimentares ou dificuldade de absorção de nutrientes, entre outros.

A prevenção de enfermidades também é um dos focos da Nutrição Clínica.
 Veja abaixo algumas doenças que podem ser tratadas com orientação do nutricionista:

    1. Doenças Crônicas: Diabetes, hipertensão, aterosclerose e outras;
    2. Doenças Metabólicas: doença celíaca, intolerância à lactose e similares;
    3. Transtorno Alimentar: Bulimia, anorexia e compulsão alimentar;
    4. Magreza excessiva: IMC abaixo de 18,5;
    5. Obesidade e Sobrepeso;
    6. Desequilíbrio nutricional em atletas.