+55 11 4349 -1370

A importância da estética no processo de emagrecimento

Fique atualizado através de informações úteis para sua saúde física e mental.

Você já deve saber que reeducação alimentar e prática regular de exercícios físicos são o melhor caminho para quem busca emagrecer. Contudo, é preciso lembrar sempre que este processo também deve estar auxiliado à estética, pois o emagrecimento pode ocasionar outras alterações no corpo de mulheres e homens, como a própria flacidez e celulite.

Então, neste post, vamos explicar por que isso acontece e quais as técnicas mais indicadas a fim de conquistar a perda de medidas de forma harmoniosa, com resultados mais duradouros e sem flacidez!

Por que o emagrecimento causa flacidez?

Em primeiro lugar, é preciso entender que, ao perder peso naturalmente, as células de gordura “murcham”, diminuindo de tamanho. Isso causa a sensação física do emagrecimento, que pode ser vista em todo corpo. A pele, no entanto, é sustentada por músculos ou por gordura. Assim sendo, se você não possui um tônus muscular relevante e perde o volume de gordura, a pele fica solta e sem sustentação, causando a flacidez.

Nesse sentido, o Andrus Criofrequência, tecnologia desenvolvida pela Adoxy, é uma das técnicas que podem ser utilizadas neste tratamento. Ele faz com que o tecido tenha uma contração da fibra de colágeno, dando a sensação de estiramento na pele, evitando a flacidez. Além do efeito lifting imediato, a técnica também proporciona um resultado duradouro, fazendo com que o tecido acompanhe o processo de emagrecimento. Dessa forma, são necessários estímulos de colágeno, elastina e contração de proteína, possíveis com o auxílio de técnicas da estética.

 Flacidez também pode aumentar a celulite?

A resposta é sim! Muita gente não sabe, mas a flacidez pode fazer com que a celulite se torne mais aparente durante o processo de emagrecimento. Isso acontece, aliás, pelo esvaziamento da gordura que estava preenchendo e sustentando o tecido, tornando a celulite flácida mais visível. Também nestes casos, a tecnologia da criofrequência é indicada.

 Criofrequência funciona? Conheça mais sobre o tratamento!

Como evitar a flacidez e garantir um emagrecimento mais harmônico?

Além da flacidez, outra situação habitual durante o processo de emagrecimento é a dificuldade de perder gorduras localizadas em determinadas partes do corpo. Desse modo, é comum, por exemplo, que a pessoa emagreça na parte superior, mas continue com volume na região inferior. Para garantir uma harmonia corporal, existem tratamentos que fazem a morte programada das células de gordura, um processo que não acontece naturalmente, já que, ao emagrecer de forma natural, as células apenas diminuem de tamanho, mas permanecem no organismo, esperando oportunidades para incharem novamente.

Uma tecnologia de alto impacto indicada para esses casos é o Hybrius, através da ultracavitação. Desta forma, além de mais harmonioso, o processo de emagrecimento se torna mais consistente e com menos riscos do temido “efeito sanfona”.

 Em conclusão, já está comprovado que os tratamentos estéticos são grandes aliados no processo de emagrecimento, visto que podem evitar vilões como a flacidez. Entretanto, lembre-se: o cuidado diário com o seu corpo, através da alimentação equilibrada e de exercícios, também influencia diretamente nos procedimentos estéticos. Equilíbrio é fundamental, seja para levar a vida, ou para alcançar bons resultados nos tratamentos que você escolher.

Entre em contato e agende uma avaliação!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts mais Lidos

Obrigado por ter se cadastrado em nosso site

Em breve entraremos em contato com novidades.

Nutrição Clínica é o tratamento de doenças por meio da Alimentação.

O nutricionista através de exames específicos é capaz de descobrir qualquer disfunção nutricional, como resistência à insulina, distúrbios alimentares ou dificuldade de absorção de nutrientes, entre outros.

A prevenção de enfermidades também é um dos focos da Nutrição Clínica.
 Veja abaixo algumas doenças que podem ser tratadas com orientação do nutricionista:

    1. Doenças Crônicas: Diabetes, hipertensão, aterosclerose e outras;
    2. Doenças Metabólicas: doença celíaca, intolerância à lactose e similares;
    3. Transtorno Alimentar: Bulimia, anorexia e compulsão alimentar;
    4. Magreza excessiva: IMC abaixo de 18,5;
    5. Obesidade e Sobrepeso;
    6. Desequilíbrio nutricional em atletas.