+55 11 4349 -1370

Tratamento para estrias: conheça as opções mais avançadas

Fique atualizado através de informações úteis para sua saúde física e mental.

O tratamento para estrias é um dos procedimentos mais procurados em clínicas de estética. Isso vale tanto para homens quanto mulheres, que desejam melhorar a autoestima e a aparência do corpo. 

Isso porque estas marcas costumam impactar de forma negativa quando o assunto é curtir uma praia, piscina ou frequentar ambientes onde é possível usar menos roupa.

mulher tratamento para estrias opcoes modernas lissome clinica de estetica em alphaville

Ainda que não haja relação direta entre a saúde e o aparecimento de estrias, elas podem ter diversas causas como gravidez, alteração hormonal ou mesmo genética.

Por isso, se você deseja saber qual é o melhor tratamento para estrias e o que precisa considerar para realizá-lo com segurança, confira esse artigo exclusivo que a Lissome – Clínica de Estética em Alphaville preparou. 

Boa leitura!

O que são as estrias?

Primeiramente, antes de pensar em um tratamento para estrias, é importante conhecer como elas aparecem no corpo. 

Em resumo, estrias acontecem quando a pele entra em um processo de inflamação onde as fibras colágenas e elásticas da derme se rompem. 

Após isso, a cicatrização deixa marcas na pele, que podem ser de cor vermelha ou rosa (quando ainda há inflamação) ou branca (após a cicatrização do processo).

Causas e sintomas de estrias pelo corpo

Quem busca tratamento para estrias, precisa saber que mesmo quando elas acontecem por motivos genéticos ou pontuais (gravidez, por exemplo) não há nenhuma cura em relação a elas. 

Entretanto, elas podem ser tratadas e proporcionar uma pele mais bonita e lisa.

Algumas das principais causas das estrias estão relacionadas a:

  • Aumento repentino de peso;
  • aumento repentino de massa muscular;
  • anorexia nervosa;
  • gestação;
  • alimentação incorreta; 
  • obesidade e até mesmo;
  • predisposição genética; 
  • uso frequente de corticoides.

Entretanto, ainda que na maioria dos casos não haja sintomas com os quais se preocupar, elas podem causar coceira ou ardor em algumas situações.

Os locais mais comuns para aparecer estrias são as coxas, nádegas, abdômen e costas.

Melhores tratamentos para estria de acordo com tipo

Ainda que haja tratamentos para estrias com resultados mais ou menos eficazes, há alguns que se destacam justamente por sua efetividade. 

Porém, apenas um profissional de estética experiente será capaz de indicar o melhor deles para cada pessoa.

pele tratamento para estrias tipos de estria lissome clinica de estetica em alphaville

De modo geral, a primeira coisa a fazer quando se pretende realizar um tratamento para estrias é identificar o tipo e a cor.

No caso das estrias vermelhas, significa que os capilares sanguíneos foram rompidos, mas ainda há tratamento. 

Quando aparecem em coloração roxa, demonstram uma fase intermediária e também podem ser solucionadas de modo específico. 

Por último, as estrias brancas apontam um processo já finalizado de cicatrização e o tratamento diz respeito apenas a uma solução estética. 

Entre os principais tratamentos para estrias disponíveis no mercado, alguns se destacam. Falaremos deles a seguir.

Tratamento para estrias com esfoliação e peeling físico

Com a proposta de renovar a pele e aumentar a produção de colágeno, a esfoliação e o peeling físico propõem eliminar células mortas. 

Ou seja, a técnica investe na promoção e crescimento de novas células, que impactam diretamente na maior produção de colágeno e elastina. Dessa forma, as estrias são amenizadas e o resultado é uma pele mais firme e com menos marcas.

É importante explicar que o peeling físico é apenas uma das opções de tratamento para estrias, e sua intenção é causar uma dermoabrasão na pele.

Peeling químico

A ação do peeling químico como tratamento para estrias é semelhante ao do físico, porém ele age de forma mais profunda. Ou seja, ele é uma alternativa para estrias maiores ou com maior incidência na pele. 

Aliás, ele também pode ser associado a outras técnicas para um resultado melhor, e em todos os casos irá causar uma descamação local e intensa na derme.

Assim como acontece no tratamento para celulite, o peeling químico atua de modo assertivo no estímulo de uma pele mais saudável e com mais elasticidade.

Microagulhamento como tratamento para estrias

O microagulhamento é uma técnica que pode ser realizada em pacientes com rollers, canetas elétricas ou carimbos. 

Popularmente, ganhou o nome de Dermaroller ou peeling de vampiro e age na pele através de repetições em sequência de várias agulhas perfurando.

No caso do microagulhamento para o tratamento de estrias, ele pode ser utilizado de forma superficial ou até mesmo com anestesia em um ambiente cirúrgico. 

Isso irá depender dos resultados esperados e da intensidade das estrias.

Mesoterapia

Por sua vez, a mesoterapia é um tratamento para estrias, gordura localizada e celulite que utiliza substâncias sintéticas aplicadas abaixo da pele ou nos músculos. 

mulher mesoterapia pernas tratamento para estrias lissome clinica de estetica em alphaville

Tais aplicações podem ser associadas a outros compostos, de acordo com a gravidade de cada pele.

Criada na França, a mesoterapia é uma excelente alternativa por ter poucos efeitos colaterais. 

Porém, é mais eficaz em estrias brancas, principalmente as mais finas e as que incidem em áreas menores da pele. Isso porque há um limite de aplicação e recomendações específicas para o uso da mesoterapia.

Tratamento para estrias com camuflagem

Por último, existe a camuflagem para estrias que é uma excelente opção quando a situação é muito mais estética e de autoestima. 

Ou seja, se as condições de saúde estão normais e o maior incômodo do paciente é na questão da aparência da pele, é possível recorrer à técnica de camuflagem a fim de pigmentar a área com estrias no tom exato da pele.

Similar a uma tatuagem, esse tratamento para estrias é capaz de esconder imperfeições diversas e o melhor: seu resultado é duradouro e definitivo.

A camuflagem de estrias é um recurso muito utilizado por quem busca um procedimento quase indolor e com o mínimo de riscos ou efeitos colaterais.

O que considerar antes de buscar um tratamento para as estrias

Assim como qualquer procedimento estético ou de saúde, o tratamento para estrias exige um profissional habilitado, um ambiente adequado e o uso de produtos e procedimentos higienizados e aprovados pela Anvisa.

Além disso, o ideal é que se realize uma avaliação detalhada sobre possíveis as condições do procedimento, contraindicações e pós-operatórios.

Por isso, é importante conferir a idoneidade e referências tanto da clínica quanto do profissional que irá realizar o tratamento para estrias.

Seu tratamento para estrias está na Clínica Lissome

Agora que você sabe mais sobre os principais tratamentos para estrias, você precisa conhecer a Lissome, Clínica de Estética no coração de Alphaville!

A clínica investe em equipamentos de última geração, aprovados pela Anvisa e com dados científicos publicados em revistas médicas. 

Além disso, na Lissome, você terá um tratamento especializado com equipe multidisciplinar que une estética, nutrição, fisioterapia e odontologia, além de nossos dermatologistas em Alphaville. Ou seja, com excelência para extrair o máximo da união da saúde, beleza da pele e bem-estar.

Entre em contato com a Lissome e saiba mais sobre nossos serviços. Para outras informações sobre saúde e estética, confira outros artigos no Blog da Lissome.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts mais Lidos

Obrigado por ter se cadastrado em nosso site

Em breve entraremos em contato com novidades.

Nutrição Clínica é o tratamento de doenças por meio da Alimentação.

O nutricionista através de exames específicos é capaz de descobrir qualquer disfunção nutricional, como resistência à insulina, distúrbios alimentares ou dificuldade de absorção de nutrientes, entre outros.

A prevenção de enfermidades também é um dos focos da Nutrição Clínica.
 Veja abaixo algumas doenças que podem ser tratadas com orientação do nutricionista:

    1. Doenças Crônicas: Diabetes, hipertensão, aterosclerose e outras;
    2. Doenças Metabólicas: doença celíaca, intolerância à lactose e similares;
    3. Transtorno Alimentar: Bulimia, anorexia e compulsão alimentar;
    4. Magreza excessiva: IMC abaixo de 18,5;
    5. Obesidade e Sobrepeso;
    6. Desequilíbrio nutricional em atletas.